Ruídos ao rodar: De onde vem o problema?

É muito comum com o passar do tempo que o carro comece a apresentar alguns barulhos estranhos. Muitos motoristas reclamam que após 60 mil km, o veículo apresenta um ruído contínuo ao rodar, e que acaba incomodando com o tempo. No entanto, esse ruído gera dúvidas, pois nem sempre é possível identificar sua origem: os pneus ou dos rolamentos?

Ruídos ao rodar: De onde vem o problema?

Ruídos ao rodar: De onde vem o problema?

Saiba como identificar a origem dos ruídos no seu carro

Para identificar a fonte dos ruídos ao rodar, é preciso levar o veículo até uma oficina de sua confiança. Com o carro no elevador, um mecânico poderá avaliar corretamente os pneus.  Desta forma, o profissional poderá verificar se o pneu está em um formato oval, apresentando desgastes irregulares ou até mesmo se possui caroços tanto na banda de rodagem ou até mesmo nas bolhas das bandas laterais.  Se alguma dessas características for identificada, existe uma grande probabilidade de que os ruídos venham dos pneus.

Outra possibilidade é substituindo os pneus dianteiros pelos traseiros. Se o problema for o pneu, o ruído mudará para parte dianteira do carro.

Se for a rolamento da roda, o teste é muito simples. Antes de retirar o carro do elevador, volte a girar os pneus traseiros com a mão e toque o corpo do amortecedor traseiro ou até mesmo a mola. Se você sentir vibrar ou como se algo estivesse raspando, sem dúvidas o problema será a roda. É interessante repetir o teste nos pneus da frente. Faça também o teste de rodagem, pois se o problema for o rolamento da roda, ele começa a aparecer logo após os 40 km. Se houver problema com um pneu deformado, o ruído ocorre em todas as velocidades.

Para não haver problemas de deformidades, escolha sempre pneus de qualidade como o Pneu Hankook. Escolha um que se adapte melhor ao seu veículo e garanta qualidade e segurança.

Home